domingo, 16 de agosto de 2009


Cortados os pulsos e morrer de tanto sangrar...
Sangrar por tudo aquilo que não foi e nem será...
Procurei um caminho mais curto e mais fácil, para apagar todo o mal feito...
Não, não foi fácil, castrar a minha própria essência, buscando um refúgio, para alguns isto é o mais fácil...não para mim!!!
Estou voltando, pela aquela mesma estrada, que me fez seguir adiante, porque é exatamente aqui que meu coração pertence, é aqui que estou e sempre ficarei...
Chorei, em uma noite solitária lavei minha alma até cansar, chorei, rasguei todas as lembranças, todos os sonhos, todo o meu amor, rasguei até cansar, joguei no lixo, tudo , absolutamente tudo, fiquei vazia, quis ser o que não poderia ser e foi tão forte e tão intenso dentro de mim, que mais uma vez voltei as minhas origens, tão segura e verdadeira de mim...
Estou aqui novamente, sendo quem realmente sou e quanto àquelas pessoas que insistem em usar máscaras, lamento!!!
Não é possível sufocar o coração, nem a essência, é possível, sim, livrar – se daquilo que nos torna atordoados e cegas, daquilo que nos machuca, porém, nunca de nossa essência...


´´Seria muito mais fácil, eu ter um macho ( nada contra aos machos eu os adoro...kkkk)para , tirar fotos de mãos dadas com ele, magoá -lo e comer as menininhas por aí e posar de boa filha, iludir alguém, com juras de amor, sabendo que estou a ponto de casar, só para manter meu status perfeitinho!!!``


A todas amigas e amigos, que sabem da minha história, agradeço o apoio, infinitamente... Pri, valeu pelas palavras e pela força, desculpem pelo desabafo acima, mas é um desabafo necessário...eu voltei....e completamente apaixonada por mim e pelo que sou...A você que decidiu ir pelo atalho mais fácil, boa sorte!!!

2 comentários:

Flor de Azeviche disse...

Primeiro: Seja mais uma vez muito bem vinda.

Segudo: Grande desabafo e espero e torço que assim se sinta melhor.

Tudo se resolve...

O pedacinho do seu post me fez lembrar quando eu tinha um namorado. Era exatamente daquele jeito. A vida é tão bela e curta, temos que viver ao máximo a felicidade que nos aparece.

Espero, do fundo do coração, que tudo se resolva e se já se resolveu, muita sorte.

Estou naqueles momentos de crise comigo mesma e essa vida virtual... Qualquer hora dessas eu volto.

Beijos e viva bastante, sem medo.

Pri disse...

Meu Anjo...
A-M-E-I sua volta!
Saudades...
Hoje depois de muito tempo volto para dar uma espiadinha...Mas, nesse fds estarei botando ordem na casa!
E sabe, né?
SEMPRE ESTAREI AQUI!


Bjos