segunda-feira, 6 de abril de 2009

DESEJOS INCONFESSOS...








Talvez o gosto do teu beijo ainda esteja na minha boca, talvez o calor da tua pele esteja impregnada a minha...Ouço sussurros, sussurros em meus ouvidos, dizendo para me entregar, para Te Amar sem medos novamente...


Posso sentir o toque de minhas mãos, já tão presas ao teu corpo, segurando -lhe pela cintura, contra a parede...senti minha respiração no teu pescoço; quente,


Prendi meu corpo ao teu, teu sorriso em minha boca, tua boca em minha boca, abriu meu apetite, passeei delicadamente minhas mãos entre tuas pernas, meu corpo roçando no teu, teus cabelos soltos enroscados em minhas mãos, subi -lhe o vestido e pude sentir como estava me desejando, olhos nos olhos, e o desejo falando em mim e em ti....



Língua, quente , úmida, unida,minha boca na tua boca, minhas mãos percorrendo teus traços, palavras sussurradas e desprendidas..Estou lhe fitando com meus olhos, olho contra luz, a silhueta do teu corpo é perfeita, consigo desenhar em meus olhos...


Deitada te olhando, olhando o contorno do bico dos teus seios, desejando - os em minha boca...Você chega mais perto e posso sentír, tão doce e tão quente em minha boca, um beijo santo, um pecado insano, minha boca em teus seios e consigo deixar de pensar por alguns instantes, apenas sentir as batidas em teu peito enquanto devoro -lhe , não só os seios, mas a alma...


Deito ao teu lado e posso beijar cada centrímetro de ti, a chuva corre mais forte, mais densa e posso sentir meu suor misturado ao teu, meu corpo pede incansávelmente pelo teu, beijo -lhe a boca numa entrega de amor, de alma, desejo e tudo em mim em ti...pode sentir, pode sentir minhas mãos chegando tão fundo e tão profundo, pode sentir, minha língua misturada a tua e meus olhos penetrados nos teus...


Meus seios em teus seios, meu corpo em teu corpo, a chuva não pára, simplesmente cai, eu me perco em tudo em ti, devasto teus cabelos, tua nuca, a língua do final das costas ao extremo da nuca...o sopro da nuca ao final do recorte das tuas costas, o gelado e o quente na tua pele, todas as sensações misturadas...consegue sentir minhas mãos cada vez mais úmidas com o que sentes....

Feche os olhos, ouça minha voz em teu ouvido, pedindo pra Te Amar Te desejo Te amo,consegue entender...não...continue de olhos fechados, pode sentir, minhas mãos descendo tão fundo, tão lentas, tão rápidas, posso sentir, você quente, você molhada, entregue... Consegue sentir...

Meus cabelos acompanhando o movimento da descida ao teu corpo e minha boca entregue ao teu calor..., começo a sentir tudo em ti, tudo... o gosto, calor, desejo....tudo misturado em minha boca, o beijo do teu beijo no meu beijo...

A Chuva cai incansávelmente, mais forte, como eu em você agora...como minha boca em ti agora . A Chuva pára e acordo em minha cama...em meio aos meus lençóis...

Trem Pra Estrelas

Um comentário:

Samantha Bastos disse...

Nossa!!!! Estou até sem palavras. Eu, aqui, numa sexta-feira, sozinha, lendo esta sua postagem e carente. Realmente, eu preciso de uma namorada, urgente... rsrsrs...Adorei. Parabéns pelo blog e pela sensibilidade... Beijinhos.