quinta-feira, 3 de setembro de 2009

E ELA CANTOU NO TOM MERECIDO...


E o assunto da Semana rendeu: Cantora disse que tomou calmante e remédio contra labirintite antes de se apresentar na Assembleia Legislativa de São Paulo



No Primeiro Encontro Estadual de Agentes Públicos, na Assembléia Legislativa de São Paulo, Vanusa canta o Hino Nacional indisposta.



Vanusa ,61 anos, cantora experiente ,sofre indisposição ocasionada por remédias em apresentação na Assembléia Legislativa.

Há duas vertentes : - Por que o mestre de Cêrimonias, constatando que a mesma não estava bem, não a retirou do programa da casa...e uma falha da Vanusa, não disposta, tentar concluir tal apresentação...


A verdade é que ela estava no lugar certo para errar, envergonhar ...E os nossos políticos o que tanto praticam ali???


Deveria cantar todos os dias durante as discussões ridículas que às vezes tem no Senado ou no dias que o Presidente soltar uma pérola...

Deveria cantar também antes de todas as CPIs e nas marmeladas de Brasília. Resumindo: querendo ou não, ela interpretou o hino conforme a situação atual da política deste país maravilhoso em mãos tão sujas....


Não trata - se de apologia, mesmo porque acredito que ela deveria ter se retirado de tal apresentação... vamos párar de de avaliar se Vanusa estava ou não bêbada e vamos atrás da verdadeira manguaça que está escondida nas Assembléias e Planaltos da Vida....

Um comentário:

Apenas Lilian disse...

Falou pouco, mas disse tudo!!! Concordo plenamente com sua avaliação. Se tivéssemos uma hino equivocado para cada marmota política nesse país, quem sabe eles (os políticos) se envergonhariam e dariam outro ruomo à nossa história...